O Livro dos Espíritos - 160 anos
Conforme registra a ediçao histórica de Le Livre des Esprits publicada pela FEB em 1998 (ver resenha em Mundo Espírita, fevereiro de 2002, p. 5), a 5a ediçao francesa, de 1861, trazia uma errata, com extensao de uma página. A errata apareceu somente nessa ediçao; na edi&ccedi... Continuar »
Neste artigo analisaremos "Nota" aos Prolegômenos da segunda ediçao francesa de Le Livre des Esprits (ver resenha em Mundo Espírita, fevereiro de 2002, p. 5). Tal nota foi depois retirada, aparentemente sem justificaçao explícita, a partir da 10a ediçao, de 1863. A ... Continuar »
Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: março/2007   A leitura de O Livro dos Espíritos e das demais obras de Allan Kardec, revela que nessas obras há uma coerencia e uma seqüencia lógica que causam admiraçao.   Como bem elucida o organizador desse monume... Continuar »
Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: janeiro/2007   Já de há muito tempo, Paris, em particular, onde os efeitos eram mais imediatos, e a França, no seu todo, sofria com a instabilidade política e econômica gerada pelas revoluções e perturbações internas gr... Continuar »
Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: fevereiro/2007   Mundo Espírita - É sabido que foi através de seu amigo, Sr. Fortier, que o senhor ouviu falar pelas primeiras vezes nos fenômenos das mesas girantes, e também se sabe que nessas ocasiões o assunto nao lhe despertou m... Continuar »
Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: dezembro/2007   Nos programas de Deus, nos projetos da Vida, sao poucas as vezes em que o cérebro humano consegue penetrar, com o necessário aprofundamento.   A Terra jazia sob névoa escura, no açodar de forças... Continuar »
Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: outubro/2007   Todos que chegaram a um grande lugar foram por uma escada tortuosa. - Francis Bacon   Ainda há aqueles que imaginam que o trabalho levado a efeito por Allan Kardec nao teve lutas e sofrimentos.   Quando ... Continuar »
O Senhor De Beau, com um pequeno atraso, depois de quase quatro meses de trabalho tipográfico, enviava os mil e duzentos exemplares de O Livro dos Espíritos ao livreiro Senhor Dentu, na manha do dia 18 de abril de 1857.   Parando na Rue Montpensier, em frente a Galeria d’Orléans, número 13... Continuar »
Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: junho/2007   É na Revue Spirite, de janeiro de 1858, que Allan Kardec reproduz algumas das que, cremos, devam ter sido das primeiras manifestações da imprensa leiga, a respeito da publicaçao de O Livro dos Espíritos, na... Continuar »
Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: agosto/2007   Sabíamos que O Livro dos Espíritos tem leitores simpáticos em todas as partes do mundo, mas certamente nao teríamos suspeitado encontrá-lo entre os selvagens da América do Sul, nao fosse uma carta que nos fora enviada de Lima,... Continuar »
Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: julho/2007   O Livro dos Espíritos é a base Do novo refletir, da nova fase Que a humanidade tem no Espiritismo. Sua luz em toda parte está presente, Trazendo-nos o que o Cristo consente, Na estrada evolutiva do psiquismo.   ... Continuar »
Trajeto supostamente realizado por Allan Kardec, de sua casa até a Livraria Dentu, na Galerie D'orléans, no Palais Royal, no dia 18 de abril de 1857. Continuar »
Galeria d’Orléans - Paris   Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: maio/2007   O tempo seguia seu curso. O lançamento de O Livro dos Espíritos, que havia acontecido no dia 18 de abril, dera início à conhecida trajetória das idéias revolucionári... Continuar »
Matéria publicada no Jornal Mundo Espírita :: setembro/2007   Nao havia completado um ano do lançamento de O Livro dos Espíritos, que se deu no dia 18 de abril de 1857, e Allan Kardec iniciava, em janeiro de 1858, sob sua direçao e totalmente às suas expensas, a ed... Continuar »

© Federação Espírita do Paraná - 20/11/2014