Roberto Sabatella Adam
Natural de Curitiba, Paraná, nasceu em 2 de dezembro de 1968.

Seu contato com a Doutrina se deu através da família materna. Seu bisavô, Joannino Sabatella e Balbina Branco foram ativos participantes do Movimento Espírita em Ponta Grossa.

Em criança, frequentou a Sociedade Espírita Francisco de Assis de Amparo aos Necessitados, durante os períodos de férias.

Teve oportunidade de conviver com Juan Antonio Durante, do Movimento Espírita da Argentina, tradutor de obras espíritas  do português para o espanhol, desde que, em suas viagens de divulgação espírita, quando em Curitiba, hospedava-se junto a sua família.

Entre os anos de 1996-1997, iniciou o estudo da Doutrina Espírita, no Centro de Estudos Espíritas Francisco de Assis, no qual ainda permanece. Nessa Casa Espírita desempenhou várias tarefas: secretaria, Coordenação de grupo de estudos, Organização de eventos para Ação Social, Doutrinária e Comunicação Social Espírita.

Foi ainda presidente de Conselho Deliberativo (2011-2012); presidente da Diretoria Executiva (2013-2016); diretor dos departamentos de Mediunidade, Patrimônio e Comunicação Social; membro da Comissão de Orientação Doutrinária.

Como palestrante, atua, desde o ano em curso no Hospital Espírita de Psiquiatria Bom Retiro - Clínica Dia e na URE Metropolitana Norte.

Em 24 de novembro de 2018, foi eleito membro do Conselho Federativo Estadual da Federação Espírita do Paraná, com mandato por seis anos.

Graduado em Arquitetura e Urbanismo, pela Universidade Federal do Paraná, em  1991; fez Aperfeiçoamento em Desenho de observação e artístico na Academia Riacci Florença, em 1994-1995; Especialização em Estudos da Consciência na Unibem, em 1997 e Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento, pela UFPR, em 2006.

Profissionalmente, desde 1991, atua como autônomo em Projetos de Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo.

É Docente na Universidade Federal do Paraná e na Universidade Positivo.

É autor e ilustrador dos livros: Princípios do Ecoedifício (arquitetura e ecologia), Meditação, o Caminho da Paz (valores humanos) e Borboleta de duas cabeças (valores humanos infantil).

Foi premiado em 2007, pela Secretaria Municipal da Educação e Ciência Meditativa, por seu trabalho sobre Cultura da Paz e Educação; venceu o 1° Concurso de Poesias de Itapoá-SC (2001); 1° colocado no Concurso para Professores de Projeto Integrado. UFPR 2001, entre outros.

Em 17.10.2019.

© Federação Espírita do Paraná - 20/11/2014